Pipoca

Pipoca

A Pipoca, de 3 anos, é um perfeito exemplo, e, literalmente, a prova viva do sangue frio e coração de pedra de muitos, ironicamente, chamados de humanos! A Pipoca foi abandonada inanimada na rua, num frio e chuvoso dia de Inverno, mas, atenção, bem embrulhadinha num cobertor, para dessa forma morrer mais confortável, ou, quiçá, para a consciência ficar mais tranquila…!!! Estava em estado de choque, hipotérmica e não conseguia mover-se. Sem tratamento, não tardaria muito para que estivesse morta. Quando deu entrada no veterinário o seu prognóstico era muito reservado. Contra todas as probabilidades, e ao fim de semanas de internamento, a Pipoca felizmente recuperou do seu estado débil e preocupante. Renasceu uma nova Pipoca! Ganhou uma nova vida, ganhou o direito de ser finalmente feliz! A sua vida nada significou para alguns, quer para quem a largou, quer para quem a viu e nada fez, mas é certo que para outros tantos muito significou. Apesar de todo o sofrimento que passou, a Pipoca revelou ser uma gatinha meiga e feliz, energética e muito brincalhona e com uma vontade imensa em desfrutar em pleno a sua vida. A Pipoca foi adoptada em 10.02.2018 e agora chama-se Mel.